A ESCOLHA

Fui abençoado por este texto e quero compartilha-lo com você.
Durante as próximas 12 horas estarei à mercê das demandas diárias. Este é o momento em que preciso fazer escolhas. Por causa do Calvário estou livre para escolher.
Escolho a amor…
Nenhum fato justifica o ódio; não há injustiça que justifique amargura. Escolho o amor. Hoje amarei a Deus e o que Ele ama.
Escolho a alegria…
Convidarei o meu Deus para que seja o Deus das circunstâncias. Recusarei a tentação de ser cínico – a ferramenta do pensador preguiçoso. Recusar-me-ei a ver as pessoas como nada menos que seres humanos, criados por Deus. Recusar-me-ei a ver qualquer problema como nada menos que uma oportunidade de ver Deus.
Escolho a paz…
Viverei o perdão. Perdoarei para que possa viver.
Escolho a paciência…
Recusarei as inconveniências do mundo. Ao invés de amaldiçoar aquele que tenta tomar o meu lugar, convidá-lo-ei a fazer isto. Não reclamarei da longa espera, mas agradecerei a Deus pelo momento de oração. Ao invés de cerrar meus punhos face a novas designações, enfrentá-las-ei com alegria e coragem.
Escolho a generosidade…
Serei generoso para com os pobres, por estarem solitários. E generoso para com os ricos, por estarem temerosos. E generoso para com a mau, pois é assim que Deus tem tratado a mim.
Escolho a virtude…
Prefiro ficar sem um tostão a ganhar algum desonestamente. Confessarei antes que seja acusado.
Escolho a fidelidade…
Hoje cumprirei minhas promessas. Meus devedores não lastimarão sua confiança. Meus associados não questionarão minha palavra.
Escolho a mansidão…
Nada pode ser vencido a força. Se levantar a minha voz, que ela possa ser apenas em louvor ao meu Deus. Caso cerre meus punhos que seja em oração. Caso dê uma ordem, que seja apenas para mim mesmo.
Escolho a autocontrole
Sou um ser espiritual. Recuso-me a permitir que a podridão domine o que é eterno. Ficarei embriagado apenas pela alegria. Serei influenciado apenas por Deus e ensinado apenas por Cristo.
Amor, alegria, paz, paciência, generosidade, virtude, fidelidade, mansidão, autocontrole. A estes submeto meu dia. Caso seja bem sucedido, louvarei a Deus. Se falhar, buscarei sua graça. E então, ao anoitecer, colocarei minha cabeça sobre o travesseiro e descansarei.

Adaptado do livro ”Quando Deus sussurra o seu nome” – Max Lucado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s