SOBRE FACEBOOK E IGREJA


O Pr. Samuel Amaro dos Santos (IB em Laje do Muriaé) publicou em “O Jornal Batista”, um bom artigo com o título “Facebook é melhor que igreja?”. Gostei e reparto com meu rebanho. Quatro itens do artigo me atraíram, e comento-os brevemente.
(1) “Crentes que ficam no Facebook fazendo piada, defendendo com unhas e dentes seu time, conversando fiado, falando de novela, e não falam de sua igreja, não a defendem, não promovem suas programações”. Meu comentário: As pessoas defendem com vigor suas paixões. Mas nem sempre a igreja está entre elas. Há quem veja a igreja como a Geni, da música do Chico Buarque: joga pedra nela. Dêem à igreja o tempo que dão ao Face.
(2) “Crentes e até líderes de igreja que passam uma, duas, cinco, dez, e, pasmem, até quinze horas no Facebook e não vão aos cultos da igreja que duram uma hora ou uma hora e meia”. Meu comentário: Desisti de conversar pelo Face. Nem visito página alguma. Para conversa, telefone-me ou envie um email. Um dia perdi (perdi, mesmo) mais de uma hora no Face. Lendo platitudes e vendo troca de ofensas. Há muita futilidade e pouca coisa que edifica.
(3) “Crentes que trocam a comunhão da igreja, o aperto de mão, o sorriso, o abraço, o orar juntos, o ouvir o irmão, o falar com o irmão, o perdoar, a cura nos relacionamentos para ficar sozinho em um ambiente com um computador, um mouse, um teclado, um monitor, etc.”. Meu comentário: As pessoas estão se isolando cada vez mais de pessoas reais. Há crentes que fogem dos outros. A vida cristã tem este componente psicológico de nos interrelacionar com pessoas reais. Somos entes gregários, que precisam de companhia. Por que companhia virtual, se na igreja há companhia de carne e osso?
(4) “Crentes que compartilham várias coisas menos a sua fé, crentes que curtem várias coisas só não curtem a igreja”. Meu comentário: Alguns até se escondem atrás de pseudônimos em chats na Internet. Conversam imoralidades ou assumem posições contrárias à sua fé.
(5) “Crentes que adicionam em sua lista de amigos pessoas que nunca viram, mas que não conhecem nem os membros de sua igreja, seus irmãos em Cristo”. Meu comentário: E se queixam que os irmãos não os amam. Não se envolvem com eles! Têm amigos virtuais, mas não amigos reais entre os irmãos.
Tempo é um bem valioso. E se encurta diariamente. Cada dia, uma folha de nosso calendário é tirada e não é reposta. Não desperdice seu tempo. Se o Facebook ou a Internet tomam mais tempo seu que a vida espiritual, desculpe-me: sua vida está sendo perdida. A não ser que você seja tão pobre que nem note isto. Não perca seu tempo. E use-o para sua vida espiritual.

Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho

About these ads

Uma resposta em “SOBRE FACEBOOK E IGREJA

  1. A sensação que tenho com o Face é estranha, parecia no começo um ambiente legal, curto e rápido para expor idéias, conversar. Agora é uma exposição de bobeiras e fases prontas…
    Cansa. E somados aos motivos deste texto, vale a pena pensar seu uso mesmo. Tempo é artigo cada vez mais curto na nossa vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s